Publicado em 14/07/2019 às 06:09, Atualizado em 14/07/2019 às 10:12

Nova Andradina - Assentado é autuado por usar madeira nativa para construção de cerca

Fato ocorreu no Assentamento Teijin

Acácio Gomes, Redação Nova News

Imagens: Divulgação / PMA

Cb image default

Na manhã deste sábado (13), a Polícia Militar Ambiental (PMA) de Batayporã, durante fiscalização em propriedades rurais no Assentamento Teijin, em Nova Andradina, flagrou um assentado realizando a construção de uma cerca de aproximadamente 100 metros de comprimento, utilizando madeira extraída da propriedade.

Segundo os policiais, o autor usou 10 árvores da espécie “pau-terra” que, após beneficiadas, totalizaram 30 postes, sendo que o homem realizava as suas atividades sem a devida licença ambiental.

O assentado, de 45 anos, residente na propriedade, foi autuado e multado administrativamente em R$ 3 mil por explorar ou danificar floresta ou qualquer tipo de vegetação nativa, sem aprovação prévia do órgão ambiental.