Buscar

Nova Andradina - Delegada representa pela prisão preventiva de homem acusado de matar “Alemão”

Autor responderá pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil

Cb image default
Delegada  Daniela de Oliveira Nunes, responsável pelo caso, detalhou ao Nova News o andamento das apurações - Imagem: Arquivo / Nova News

Nas últimas horas, a delegada Daniela de Oliveira Nunes, responsável pelo caso do homicídio do ex-servidor da Prefeitura de Nova Andradina, Sidnei Tupan Delgado, de 45 anos, o “Alemão”, representou junto ao Poder Judiciário pela conversão do flagrante na prisão preventiva do acusado O.S.O., de 51 anos, que foi detido pela Polícia Militar após o crime.

Ao Nova News, a delegada disse que o caso segue sob investigação, mas adiantou que o homicídio teria sido praticado por motivo fútil. Segundo ela, o acusado confessou o crime, mas teria dito não ter a intenção de matar a vítima.

“Se ele não quisesse matar, mas apenas se defender, ele teria atingido a vítima uma única vez e saído correndo, mas percebemos que o autor insistiu em esfaquear Alemão por diversas vezes, o que leva a Polícia Civil a crer que realmente ele queria provocar a morte de Sidnei Tupan Delgado”, explicou Daniela de Oliveira Nunes.

Cb image default
Acusado foi preso pela Polícia Militar de Nova Andradina. Ele estava com a roupa suja de sangue e portando a faca usada no crime - Imagem: Divulgação / PM

A delegada disse que após a elaboração do laudo pelo Instituto Médico Legal (IML) é que a Polícia Civil terá mais dados, como o número exato de facadas desferidas, por exemplo. A roupa ensanguentada do autor, bem como a faca utilizada no crime estão em poder da polícia, que dará sequência às investigações.

Questionada pelo Nova News se o acusado teria agido sozinho, a delegada disse que tudo aponta nesta direção, tanto a confissão do autor quanto o relato de algumas testemunhas, mas ela disse que outras linhas de investigação são traçadas, porém, estas linhas ainda não podem ser divulgadas.

“O acusado O.S.O. segue detido em flagrante e foi autuado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil. Penso que a Justiça vai atender a representação da Polícia Civil pela sua prisão preventiva. Vamos continuar trabalhando no caso para que tudo seja esclarecido”, finalizou a delegada.

Cb image default
Alemão chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado até o Hospital Regional, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu - Imagem: Arquivo da Família 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.