Buscar

Nova Andradina – Homem acusa suposta funcionária de agência bancária de perturbação de tranquilidade

Através de ligações telefônicas, mulher estaria querendo ter um relacionamento amoroso com o cliente do banco, que é casado

Imagem: Ilustração / Reprodução

Cb image default

Na tarde desta segunda-feira (14), um homem de 42 anos compareceu na 1ª Delegacia de Polícia de Nova Andradina para registrar o boletim de ocorrência 1455/2018 por perturbação de tranquilidade contra uma mulher de 36 anos, que seria funcionária de uma agência bancária da cidade.

O comunicante alega que conheceu a acusada no ano de 2012 devido a uma situação ocorrida no interior de um banco, onde ela trabalha, sendo que, na ocasião, a autora teria desrespeitado os clientes que estavam na fila, passando pessoas conhecidas na frente dos demais usuários.

Segundo o homem, após o episódio, a acusada, por ser funcionária do banco e, possivelmente, por ter acesso aos dados dos clientes, conseguiu o número de telefone do morador e teria passado a ligar constantemente para a vítima querendo ter um relacionamento amoroso.

Conforme a ocorrência, como o comunicante se negou a ter um caso com ela, a funcionária do banco teria passado a perturbar sua tranquilidade com várias ligações em horários diversos. Nesta segunda-feira (14), a acusada teria efetuado ligações telefônicas para a esposa do homem, de 29 anos, citando supostas calúnias a seu respeito.

Diante dos fatos, o morador decidiu comparecer na Delegacia de Polícia e efetuar o registro da ocorrência a fim de que o caso seja apurado. O número de telefone usado pela acusada para efetuar as ligações foi informado às autoridades no ato do registro da ocorrência. O caso segue sob investigação. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.