Buscar

Nova Andradina - Idoso acusa funcionária de lotérica de ficar com bilhete premiado em R$ 23 mil

Caso foi registrado na Delegacia de Polícia como preservação de direito

Imagem: Reprodução / Ilustração

Cb image default

Neste sábado (09), um idoso de 65 anos compareceu na 1ª Delegacia de Polícia de Nova Andradina, afirmando que teve um bilhete de loteria premiado furtado pela funcionária de uma cada lotérica da cidade.

O homem disse aos policiais que fez um jogo na “Lotofácil”, sendo que seu bilhete teria sido premiado com o valor de R$ 23.980,00. Nas palavras do idoso, quando foi à lotérica para retirar o premio, foi atendido por uma funcionaria que, segundo ele, teria ficado com seu bilhete.

Conforme o apostador, ele teria procurado a lotérica, sendo informado que a funcionária em questão seria novata no serviço. A responsável pelo estabelecimento o orientou a registrar um boletim de ocorrência.

Já na Delegacia de Policia, a vítima foi orientada também a procurar os serviços da Defensoria Pública em busca de providências. O caso segue sob investigação.

O Nova News não teve acesso às dezenas que foram apostadas pelo idoso nem ao número do concurso em que supostamente ele teria sido premiado. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.