Buscar

Nova Andradina – Jovem de 19 anos é autuada pela PMA acusada de maus-tratos contra cachorra

Fato ocorreu na manhã desta quarta-feira (07)

Imagens: Divulgação / PMA

Cb image default

Na manhã desta quarta-feira (07), uma jovem de 19 anos, residente no Jardim Alvorada, em Nova Andradina, foi autuada pela Polícia Militar Ambiental (PMA) de Batayporã, acusada de maus-tratos contra uma cachorra.

Moradores entraram em contato com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) relatando que o animal estaria sendo vítima de3 maus tratos, sendo que, por sua vez, os responsáveis pelo CCZ acionaram a PMA.

No local, os policiais observaram que a cachorra encontrava-se sem boa parte da pelagem, com sarna, sem água ou comida e perceberam também que o quintal da casa estava com acúmulo de fezes e urina, expondo o animal a condição degradante.

Diante dos fatos, a cachorra, que estava bastante debilitada, foi encaminhada para o CCZ, enquanto a acusada acabou sendo autuada em R$ 1 mil. O caso foi apresentado na 1ª Delegacia de Polícia Civil e devidamente registrado. Além da multa, a jovem responderá por crime ambiental, podendo pegar pena de detenção de três meses a um ano.  

Cb image default

Legislação

Segundo o Sargento Anderson, da PMA, a Lei 9.605/98 prevê os maus-tratos como crime com pena de três meses a 01 ano e multa de R$ 500,00 a R$ 3.000,00 conforme prevê o decreto 6.514/08. Já o decreto federal 24.645/34 determina quais atitudes podem ser considerados maus tratos, outras práticas são consideradas crimes pela lei.

Como exemplos, o sargento falou que o atropelamento de um animal sem que haja a prestação de assistência por parte do condutor do veículo também é ilegal. “Se presenciar essa situação, anote a placa do carro, hora e local e denuncie”, afirmou. 

Outras práticas também foram citadas, como envenenamento, agressão, espancamento, omissão de água e comida, bem como obrigar ao trabalho excessivo também são atitudes proibidas.

Denúncia

Na região de Nova Andradina, denúncias sobre maus-tratos animais podem ser registradas junto às Delegacias de Polícia. É possível ainda acionar a PMA pelo telefone (67) 3443-1095 ou o CCZ pelo telefone (67) 3441-4715. O Mundo Pet também se coloca à disposição pelo telefone / Whatsapp (67) 9 9988-8472.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.