Buscar

Ônibus despenca 30m e seminarista de MS diz que foi salvo pela batina

Um microônibus com 28seminaristas ficou sem freio e caiu, por volta das 23h de ontem (12), numa ribanceira de 30 metros às margens da TO-030, entre Santa Tereza do Tocantins e Palmas (TO). Um jovem seminarista de Santa Catarina morreu e outros 27, incluindo-se o campo-grandense Léo Rezende Dourado, 26 anos, ficaram feridos.

Dourado conta que só não teve ferimentos mais graves ou morreu por causa de um milagre. Ele contou que a batina o livrou dos vidros e impediu cortes mais profundos. Ele está no 2º ano de Teologia e faz parte do Seminário Maior Maria Mãe da Igreja, em Campo Grande.

O grupo tinha participado de uma missa e do jantar e voltava para Palmas quando o motorista percebeu que o veículo estava sem freio. Conforme Léo Rezende Dourado, o microônibus caiu numa ribanceira e só não despencou mais porque ficou preso em duas árvores e em um buraco. 

O jovem contou que o coletivo capotou duas vezes e poderia despencar mais 100 metros.

Dourado teve escoriações na boca, bateu a cabeça e teve dores no braço direito. O passageiro do seu lado quebrou a perna e continua internado. Só dois seguem internados. Os demais foram liberados.

Coordenador estadual dos seminaristas da Renovação Carismática Católica, o jovem contou que a ajuda chegou em 15 minutos. Ele subiu a ribanceira andando e ficou no hospital até às 5h de hoje.

O encontro deve reunir cerca de 200 seminaristas em Palmas. Nesta segunda-feira, eles vão decidir se manterão o evento.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.