Buscar

PF investiga presidente do banco estatal de Santa Catarina por suspeita de crime contra o sistema financeiro

A PF (Polícia Federal) investiga indícios de crime contra o sistema financeiro e malversação de verbas federais cometidas entre 2005 e 2012 pelo então prefeito de Blumenau (SC) e atual presidente do Badesc (Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina), João Paulo Kleinubing.

Nas próximas semanas, o delegado de polícia federal Anníbal Gaya, da delegacia de Itajaí, irá chamar Kleinubing para prestar esclarecimentos acerca das ações investigadas pelo Ministério Público Estadual de Santa Catarina (MPE-SC) na Operação Tapete Negro, que revelara um esquema de superfaturamente em obras e licitações principalmente de asfalto que teria gerado um prejuizo de R$ 100 milhões aos cofres de Blumenau.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.