Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Buscar

PM de Nova Andradina participa de Curso de Operações de Choque em Campo Grande

O curso teve duração de seis semanas

Cb image default
Foto: Divulgação/PM

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul encerrou nesta segunda-feira (02), em Campo Grande, o IV Curso de Operações de Choque (COC), promovido pelo Batalhão de Choque. Com duração de seis semanas, o treinamento teve a finalidade de capacitar os integrantes de segurança pública para atuarem no desenvolvimento de atividades de operações de choque.

Durante o curso, foram desenvolvidas diversas atividades práticas e teóricas, direcionando o policial para a especialidade de operar durante ações de choque, atestando a situação mental e física dos alunos. Participaram do COC, agentes públicos da área de segurança, dentre eles, policiais rodoviários federais e policiais militares do Estado do Paraná. 97 se inscreveram para o processo inicial e apenas 28 conseguiram chegar ao final das instruções.

Um dos policiais militares que concluiu com êxito o COC, é lotado no 8º BPM de Nova Andradina, e atua na equipe de Força Tática da unidade. O soldado, José Osvaldo Monteiro, já havia concluído anteriormente o curso de Patrulhamento Tático Motorizado –PATAMO, também realizado pelo Batalhão de Choque da PM MS.

A especialização do efetivo e treinamento constante é uma das diretrizes de atuação da Força Tática do 8º BPM que tem como comandante o capitão Nelson Vieira Tolotti, que semanalmente realiza instruções com as equipes, simulando situações reais do trabalho diário.

O comandante do 8º BPM, tenente coronel André Henrique de Deus Macedo, desde que assumiu o comando da unidade em fevereiro de 2019, vem incentivando e apoiando o efetivo a buscar especializações em cursos e ainda realizando instruções técnicas com todo o efetivo do Vale do Ivinhema.

“Parabenizo o soldado Monteiro que conseguiu concluir esse curso que é um dos mais difíceis promovidos pela PM MS e que agora replicará o conhecimento para o efetivo do 8º BPM, contribuindo para melhorar os conhecimentos dos companheiros que dessa forma atuarão com mais técnica no policiamento diário, elevando a qualidade do serviço oferecido à sociedade”.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.