Buscar

PM prende dupla suspeita de praticar tráfico de drogas e estupro de vulnerável em Anaurilândia

Vários produtos de origem duvidosa foram apreendidos

Imagens: Divulgação / PM

Cb image default

A guarnição da Polícia Militar de Anaurilândia prendeu dois jovens pela prática de tráfico de drogas e estupro de vulnerável, após eles serem flagrados com entorpecente e duas menores de idade em uma residência.

Os policiais receberam denúncia anônima relatando que duas meninas, menores de idade, estariam frequentando a residência de um jovem de 22 anos, que é conhecido no meio policial pela prática de diversos crimes.

De imediato a guarnição se deslocou até o endereço, sendo que o jovem, ao perceber a chegada da viatura, entrou rapidamente para o interior da casa, momento em que a equipe percebeu que uma outra pessoa saiu correndo pelos fundos do terreno. O jovem então voltou e atendeu os policiais.

Ao ser questionado ele disse que estava sozinho em casa com as meninas, e negou que alguém tivesse corrido. Ao entrarem na residência, os policiais flagraram uma menor de 13 anos deitada na cama de um dos quartos e ainda outra menor de 16 anos escondida em um dos cômodos.

O jovem acabou confessando que um amigo dele, também de 22 anos, estaria se relacionando com a menor de 13 anos e que havia corrido por estar portando drogas.

Durante buscas no quarto, foi localizada uma porção de maconha. O jovem disse que a droga era do amigo que correu e que juntos consumiam e vendiam porções fracionadas da droga.

Ao realizarem uma vistoria pelo quintal, os policiais encontraram o jovem que havia corrido. Ele estava deitado escondido dentro de um galinheiro. Em buscas em uma casa que fica nos fundos do terreno, foi encontrado um tablete de maconha, um celular sem chip, uma câmera digital, um vídeo game, três controles e cabo de alimentação de energia, um aparelho Sky TV com alimentador de energia, produtos esses de origem provavelmente ilícita.

Diante dos fatos, foi acionado o Conselho Tutelar e todos os envolvidos acabaram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil, onde seriam tomadas as devidas providências. A ação policial ocorreu na noite de sexta-feira (23).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.