Buscar

PMA autua usina em R$ 495 mil por incêndio em lavoura de cana

Fato ocorreu em Novo Horizonte do Sul

Cb image default

Policiais militares ambientais de Campo Grande receberam denúncias de que teria ocorrido um incêndio em áreas plantadas de cana-de-açúcar no município de Nova Alvorada do Sul. Segundo a denúncia, a empresa suco energética, com domicílio jurídico no município, seria a responsável por mandar funcionários atearem fogo nas lavouras em fazendas arrendadas.

Os policiais foram, nesta quinta-feira (09), ao local onde teria ocorrido o incêndio e perceberam a veracidade da denúncia. O incêndio ocorreu nos dias 3 e 4. As áreas queimadas medidas pelos policiais com GPS perfizeram 495 hectares, inclusive, o fogo entrou a uma área de vegetação nativa.

A empresa proprietária da cana-de-açúcar queimada na área não possuía autorização do órgão ambiental para realizar o processo de queima, até porque, existe uma norma que proíbe a queima controlada até o fim do mês de setembro. Depois da vistoria e de todos os levantamentos, a empresa infratora foi autuada administrativamente e multada em R$ 495 mil.

Cb image default

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.