Buscar

PMA de Bataguassu autua empresa paranaense em R$ 10 mil por derramamento de diesel e lixo doméstico

Acidente envolvendo um caminhão aconteceu na manhã de quinta-feira (26)

Fotos: Divulgação/PMA

Cb image default

Policiais militares ambientais de Bataguassu autuaram uma empresa de transporte de resíduos sólidos, com sede em Londrina (PR), por derramamento de diesel e resíduos sólidos domésticos (lixo), causando contaminação do solo às margens da rodovia MS-395, entre Bataguassu e Brasilândia.

A PMA foi acionada por usuários da rodovia, quando fazia trabalhos de fiscalização relativa à Operação Bocaiúva (contra o tráfico de papagaios) nesta quinta-feira (26) no entroncamento das rodovias MS-395 e MS-338, em razão de um acidente com uma carreta carregada de resíduos sólidos, que ficaram espalhados em uma área de 800 m² na margem da rodovia. Além disso, o tanque do veículo foi danificado e o diesel (produto perigoso) espalhou-se sobre o solo contaminando a área. Os resíduos sólidos eram levados de Bataguassu para o aterro sanitário em Três Lagoas.

A PMA confeccionou um auto de infração administrativo e arbitrou multa no valor de R$ 10.000 contra a empresa. Os responsáveis poderão responder por crime culposo de poluição. A pena para este crime é de seis meses a um ano de detenção. A empresa foi notificada a realizar a remoção do material contaminante e a recuperação da área degradada, que será vistoriada ao final dos trabalhos.

Cb image default

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.