Buscar

PMA, Ibama e PM de Ivinhema prendem e autuam em R$ 70 mil dupla de traficantes de papagaios

Fato ocorreu na manhã de quinta-feira (24)

Foto: Divulgação/PMA

Cb image default

Durante a operação Bocaiúva de prevenção ao tráfico de papagaios, demais psitacídeos e outros animais silvestres, Policiais Militares Ambientais, Policiais Militares de Ivinhema e fiscais do Ibama prenderam e autuaram administrativamente dois traficantes de papagaios, quando efetuariam a entrega de filhotes da espécie na manhã desta quinta-feira (24).

O Setor de Inteligência da operação conseguiu informações de que os dois traficantes, conhecidos como "Biguá e Tirinho", que residem em Novo Horizonte do Sul, teriam uma entrega de papagaios na cidade de Ivinhema, porém, não havia determinação para quem e nem o local da cidade onde ocorreria a venda. Dessa forma, as equipes saíram em buscas e acionaram a Polícia Militar de Ivinhema como apoio, com a informação sobre a motocicleta que eles estariam e uma equipe da PMA seguiu pela BR-141, de Novo Horizonte para Ivinhema.

Por volta das 8h15, a equipe da Polícia Militar de Ivinhema abordou a motocicleta com os dois traficantes, que estavam com 7 filhotes de papagaios em uma mochila. Pouco tempo depois, a equipe da PMA chegou ao local. O veículo e os papagaios foram apreendidos. Os infratores, de 26 e 47 anos, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema e responderão mais uma vez por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção. Eles também foram autuados administrativamente e multados em R$ 35 mil cada um. As aves serão encaminhadas ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) na Capital.

REINCIDÊNCIA NO CRIME

"Biguá" já possuía quatro passagens pelo crime de tráfico de papagaios e "Tirinho" uma passagem anterior por tráfico e diversas outras por outros crimes.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.