Buscar

Polícia Civil de Batayporã prende paulista acusado de estupro

Na tarde desta segunda-feira (11), a Polícia Civil da cidade de Batayporã prendeu um homem identificado como Marco Aurélio, de 33 anos, conhecido como "Leitão". O homem é foragido da Justiça de São Paulo e contra ele pesa um mandado de prisão emitido pela Comarca da cidade de Presidente Prudente (SP). O autor é acusado de estupro.

Os investigadores receberam a informação de que um homem muito semelhante ao que está sendo acusado de matar o policial militar na cidade de Rosana (SP) estava às margens do Rio Paraná, do lado do MS, local onde há a passagem por meio de uma balsa. O comunicante contou que o homem estava em atitudes suspeitas e que já estava no local há algum tempo.

Marco Aurélio foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Batayporã e deve ser encaminhado para a Unidade Prisional de Nova Andradina (Imagem: Germino Roz/Nova News)

Com um carro descaracterizado, uma equipe da Polícia Civil se deslocou até a balsa e surpreendeu o autor em atitudes suspeitas. Passados alguns minutos, ele subiu na balsa com intensão de realizar a travessia do rio, momento em que os policiais também subiram na embarcação. Sem chance para fugir, o homem foi abordado e, a princípio, se apresentava com o nome do irmão, contra quem não pesa nenhum tipo de restrição.

Leia também
  • Policial Militar da cidade de Rosana é morto a tiros

Momentos depois, o homem acabou se identificando com o nome verdadeiro e, diante do mandado de prisão em aberto, acabou detido. 

 

Durante revista pessoal, os agentes localizaram vários preservativos na mochila do autor. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Batayporã e deve ser encaminhado para a Unidade Prisional de Nova Andradina, permanecendo assim, à disposição da Justiça. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.