Buscar

Polícia Civil esclarece tentativa de furto contra agência bancária em Anaurilândia

Autores foram localizados durante operação realizada na região

Imagem: Divulgação / PC

Cb image default

Após investigações, a Polícia Civil identificou todos os envolvidos e prendeu o autor da tentativa de furto ocorrida em maio deste ano em uma agência bancária na cidade. O autor, identificado como W.R.B., foi preso ontem durante operação realizada pela Polícia Civil.

Durante a operação ainda foram encontrados na residência do investigado, drogas, material de preparo para embalagem de entorpecentes, uma arma de fogo com numeração suprimida e munições.

Conforme apurado durante as investigações, W.R.B. foi o responsável pelo planejamento e execução do crime que contou ainda com a participação de três adolescentes, os quais foram identificados pela Policia Civil e confessaram a participação no delito.

Dois dos adolescentes são do município de Bataguassu e foram os indivíduos filmados pelas câmeras de segurança da agência bancária no dia dos fatos. Eles também foram alvos da operação realizada pela Polícia Civil.

A terceira adolescente envolvida é residente de Anaurilândia e confessou ter colaborado com os autores no final de semana do crime.

Todos os envolvidos identificados pelas autoridades policiais confessaram o crime e contaram detalhes de como se desenvolveu a atividade de cada um na execução do ato, sendo que W.R.B. disse ter sido o responsável pelo planejamento e orientação de todos os participantes.

Após a conclusão da operação, o jovem foi indiciado pelos crimes de tentativa de furto qualificado pelo rompimento de obstáculo, corrupção de menores, associação criminosa e pelos crimes que resultaram na sua prisão em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo de uso restrito.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva do investigado, que foi decretada pelo Poder Judiciário. Já os adolescentes infratores, após prestarem esclarecimentos e confessarem a participação no crime, foram entregues aos responsáveis, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e responderão pela prática de ato infracional análogos aos delitos de tentativa de furto qualificado pelo rompimento de obstáculo e associação criminosa.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.