Buscar

Polícia Militar Ambiental de Anaurilândia autua arrendatário em R$ 10 mil por desmatamento ilegal

Autor derrubou 33 hectares de vegetação nativa para plantio de lavoura

Imagens: Divulgação / PMA

Cb image default

Durante fiscalização em uma propriedade rural no município de Anaurilândia, a Polícia Militar Ambiental do Grupamento de Porto Primavera, naquele município, localizaram o desmatamento de diversas árvores nativas de grande porte, sem autorização ambiental.

A supressão da vegetação, realizada com uso de máquinas, foi medida em GPS e perfez 33 hectares. O arrendatário da propriedade rural admitiu não possuir autorização e informou que havia efetuado o desmatamento para plantio de lavoura de mandioca.

Contra o infrator, de 42) anos, residente em Anaurilândia, foi confeccionado auto de infração administrativo e arbitrada multa de R$ 9.900,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual. O flagrante ocorreu neste sábado (13).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.