Buscar

Polícia Militar de Nova Andradina recebe cães para serem empregados no policiamento

Cães foram recebidos através de doações efetuadas pela Polícia Militar do Paraná e do secretário Hernandes Ortiz

O comandante do 8º BPM de Nova Andradina, tenente coronel Josafá Pereira Dominoni, anunciou a expansão das ações da equipe de Força Tática da unidade, que agora contará com uma fração de operações com cães.

Os cães foram recebidos através de doações efetuadas pela Polícia Militar do Paraná e de Hernandes Ortiz, professor e secretário de Desenvolvimento Integrado do município de Nova Andradina. Os cachorros são das raças rottweiler e pastor belga malinois.

Os animais serão treinados e preparados para faro e guarda e serão utilizados em operações e entradas em presídios. O cabo André Luiz e a soldado Vanessa, que passaram por estágio de cinotecnia no BOPE da Polícia Militar do Paraná ficarão responsáveis pelo treinamento dos cães. Os militares também continuarão seu aperfeiçoamento na área, realizando outros cursos e treinamentos.

Os cães policiais são adestrados exatamente para fazer patrulha, encontrar drogas, farejar explosivos, controlar rebeliões, resgatar pessoas, entre outras funções, sendo um valioso instrumento no combate ao crime.

Cb image default
Animais serão treinados e preparados para faro e guarda e serão utilizados em operações e entradas em presídios - Foto: Divulgação/PM

De acordo com o tenente coronel Dominoni, a Força Tática é a denominação que recebe uma equipe de patrulha reforçada, treinada para ações táticas de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública, tais como: a prevenção setorizada, com intensificação ou saturação localizada de policiamento, repressão ao crime em locais com alto índice de crimes violentos, ocorrências de vulto, eventos de grande importância, controle de tumultos e ações para restauração da ordem pública de maior magnitude.

Essas ações são efetuadas através do patrulhamento tático motorizado, com reforço de armamento e equipamento, empregadas em conjunto e coordenadas com os demais programas do policiamento ostensivo.

“ Nossos policiais são altamente qualificados e submetidos a permanente treinamento e qualificação estando aptos a realizarem intervenção rápida em ocorrências. E agora vamos expandir a atuação, utilizando novos instrumentos como os cães, que comprovadamente auxiliam e reforçam a ostensividade do policiamento” enfatiza o Comandante.

O tenente coronel Dominoni, destaca ainda que já está programado curso com o BOPE da PM MS e com Departamento de Operações de Fronteira –DOF para os integrantes da Força Tática de Nova Andradina.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.