Publicado em 08/04/2016 às 10:41, Atualizado em 26/04/2017 às 16:04

PRF de Casa Verde detém seis pessoas, apreende 70 quilos de drogas e dois veículos adulterados

Germino Roz/ Lucas Cadette, Redação Nova News

Imagens: Divulgação/PRF

Nesta quinta-feira (07), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) da Base Operacional de Nova Casa Verde, em Nova Andradina, localizada às margens da BR-267, deteve seis pessoas, apreendeu 70 quilos de maconha e dois veículos adulterados. 

 

Um homem e uma mulher foram autuados por tráfico de drogas, eles conduziam dois veículos Fiat Pálio, um com placas de Campo Grande e o outro com placas de Belo Horizonte (MG), os carros estavam carregados com maconha e cocaína. 

 

Três homens, que seguiam em um Fiat Idea roubado, foram presos e autuados por receptação.  A PRF apreendeu também uma carreta que estava com a numeração do chassi raspada, o condutor foi encaminhado para a Delegacia de Nova Andradina.

As ações

Por volta das 11h desta quinta-feira (07), os policiais federais realizavam fiscalização de rotina em frente à Base Operacional, quando abordaram uma caminhão VW, com placas de Campinas (SP), atrelado a um semirreboque, com placas de Praia Grande (SP). O veículo era conduzido por um rapaz de 28 anos. 

Durante vistoria, ficou constatado que havia uma adulteração no número de identificação do chassi do semirreboque de ambos os lados. De acordo com o registro policial, o caminhão apresenta aparências de ser modelo 2013, porém constatou-se que o veículo é 2008. Diante das irregularidades, a carreta e condutor foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina.

Ainda por volta das 11h, uma mulher identificada como Maria Cristiane de Oliveira Moreli, de 43 anos, foi presa sob acusação de tráfico de drogas. Ela conduzia um Fiat Pálio, com placas de Campo Grande, carregado com aproximadamente 31 quilos de cocaína.  Durante a abordagem, a autora disse que seguia para a cidade de São Paulo (SP).

Em checagem minuciosa no Fiat, os agentes localizaram o entorpecente escondido nas laterais do carro. Questionada sobre o fato, a mulher disse que levou o Pálio até Ponta Porã, onde deixou com uma pessoa desconhecida. Ela contou que após algumas horas pegou novamente o veículo e seguia para seu destino. 

 

A mulher revelou que receberia R$ 8 mil para entregar a droga na cidade de São Paulo. Diante dos fatos, a acusada foi presa e encaminhada juntamente com a droga e o carro para a Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina.

Já por volta das 15h, os agentes federais prenderam um jovem de 29 anos identificado como Pedro Luiz Alves, acusado de tráfico de drogas. O autor também conduzia um Fiat Pálio, que vinha de Ponta Porã e seguia para o município de Avaré (SP). Durante abordagem os federais notaram atitudes suspeitas no condutor e resolveram vistoriar o carro. 

 

Foram encontrados 79 tabletes de maconha divididos no para-choque, painel e em um fundo falso localizado no tanque do veículo. Após pesagem, o entorpecente totalizou mais de 40 quilos. Carro, droga e autor foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina para que fossem tomadas as devidas providências.

Por volta das 15h30, os policiais abordaram um Fiat Idea, com registro de roubo, ocupado por três homens. Todos foram presos acusados de receptação.  Conforme o boletim de ocorrência, durante fiscalização no veículo, os patrulheiros constataram que o carro possuía placas falsas e, ao verificar a numeração do chassi, ficou confirmado que o Idea havia sido roubado. 

Questionado sobre de onde vinha, o trio declarou que retornava da cidade de Campo Grande. O condutor do carro falou aos policiais que havia comprado o veículo há aproximadamente um mês, na cidade de São Paulo (SP). Depois de serem informados sobre o registro de furto apresentado pelo sistema da polícia, os rapazes mudaram a versão e disseram que retornavam da cidade de Ponta Porã.

Diante dos fatos todos eles foram detidos e encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia da cidade de Nova Andradina.