Buscar

PRF inicia Operação Ano Novo 2019 em MS

Operação integra a segunda etapa da RodoVida, ações educativas em transportes coletivos, fiscalização de ultrapassagens e cinto de segurança serão intensificadas neste período

Cb image default
Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou às 0h deste sábado (28) a Operação Ano Novo 2019  que segue até às 23h59 da próxima quarta-feira, dia 01 de janeiro de 2020.

Em virtude das férias escolares e festejos de fim de ano, a atenção será redobrada no aspecto segurança, incluindo uso dos cintos de segurança pelo condutor e passageiros, além do combate a embriaguez ao volante.

Durante os cinco dias de operação é esperado um aumento relevante do fluxo de veículos nas rodovias federais, o que contribui para o aumento da violência no trânsito. A PRF contará com o reforço dos policiais do setor administrativo que concentrarão a fiscalização nos horários e locais onde ocorre a maior incidência de acidentes, conforme as estatísticas do órgão.

Para reduzir o número de acidentes, a Polícia Rodoviária Federal contará com viaturas, motocicletas, aparelhos de etilômetro (bafômetro) e priorizará ações preventivas para redução de acidentes relacionados à alcoolemia ao volante, às ultrapassagens indevidas e ao não uso de dispositivos de segurança – cinto de segurança e capacete.

A educação para o trânsito é o carro-chefe da PRF que promove em todas as operações, ações educativas que visam conscientizar todos os ocupantes dos veículos sobre seus papéis na construção de um trânsito mais seguro. As pessoas são convidadas a assistir vídeos reais que mostram o comportamento inadequado no trânsito e suas consequências. É uma oportunidade de refletir sobre suas atitudes e assimilar novos hábitos.

Dados  da Operação Ano Novo 2018

Nos cinco dias de Operação em 2018, de 28 a 01 de janeiro, a Polícia Rodoviária Federal registrou 23 acidentes, 9 sendo graves. 19 pessoas ficaram feridas e duas foram a óbito.

Foram contabilizadas 258 infrações de ultrapassagens indevidas, sendo dessas, 242 praticadas em faixa dupla contínua. O não uso do cinto de segurança foi responsável por 182 infrações, sendo 149 pelos passageiros que não utilizavam o dispositivo de segurança. Ao todo, 2.036 autos de infração foram lavrados.

Foram realizados 3.490 testes de etilômetro, 41 pessoas autuadas e 10 pessoas presas por embriaguez ao volante.

O balanço final da Operação será divulgado na quinta-feira (2).

Cb image default

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.