Publicado em 31/03/2016 às 09:24, Atualizado em 26/04/2017 às 15:59

Rapaz é encontrado morto a tiros em valeta na fronteira

São duas execuções esta semana na fronteira. Vítimas tinham 23 anos

, Douradosagora

Mais um jovem assassinado na fronteira; ambos tinham 23 anos. No final da manhã de ontem, um popular se deparou com um corpo numa valeta coberta pelo mato no cruzamento das ruas Toledo com Panambi Verá, no Bairro São Carlos, em Pedro Juan Caballero. A cidade paraguaia faz fronteira seca com Ponta Porã (MS).

A polícia paraguaia identificou o corpo de Fernando Gabriel Amarilha Carvalho que, segundo as autoridades, foi morto com vários tiros de calibre nove milímetros. Conforme a polícia, o homicídio deve ter ocorrido durante a madrugada de anteontem e localizado só na manhã desta quarta-feira. A polícia investiga o caso.

Conforme noticiado pelo DouradosAgora, um rapaz de 23 anos, que foi assassinado com pelo menos 15 tiros de pistola nove milímetros. O homicídio aconteceu por volta das 22h20 de anteontem, em Ponta Porã.

De acordo com a polícia, Júlio Gabriel Morel seguia num veículo Mitsubishi L200 com placas do Paraguai, pela Rua Flora, na saída da cidade e perto de uma empresa cerealista, quando foi cercado por dois homens que trafegavam numa motocicleta.

A dupla atirou várias vezes contra Júlio, que foi atingido com pelo menos 15 tiros no lado esquerdo e na cabeça. Ferido, ele ainda tentou seguir na condução do veículo, perdeu o controle da direção, derrubou um muro e parou na lateral de um casa, já no quintal.

Os Bombeiros foram acionados mas, quando chegaram, Júlio Gabriel já estava morto. A polícia abriu inquérito para investigar o caso.

A polícia incentiva denúncias, pelos telefones: 190 (Polícia Militar); Polícia Rodoviária Federal (191); 3411.8080 (SIG); 3425.1082 (DOF); 3410.4800 (Defron); 3410.1700 e 3420.1757 (Polícia Federal); 3411.8060 (Polícia Civil - 1º Distrito Policial); 3424.6911 e 3424.5633 (Polícia Civil, 2º Distrito Policial) e 199 (Guarda Municipal).