Buscar

S-10 furtada em Goiânia é apreendida pela PRF na região de Bataguassu

Condutor da caminhonete e um batedor que estava em outro veículo foram presos em flagrante

Imagem: Divulgação / PRF

Cb image default

Nesta terça-feira (08), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Bataguassu recebeu a informação de que um veículo GM S-10 um Renault Logan haviam desviado da base operacional, localizada na BR-267, entrando em uma estrada rural que margeia o Rio Pardo e dá acesso à rodovia MS-395.

Diante da atitude suspeita, os policiais se deslocaram para a estrada rural, onde abordaram o Renault Logan, com placas de Planura (MG), conduzido por L.B.S.F., de 35 anos. Questionado sobre o desvio que havia feito, o homem respondeu que achava a paisagem bonita e por esse motivo teria acessado a estrada.

Na sequência, os policiais visualizaram a caminhonete GM S-10, sendo que, ao perceber a presença da PRF, o condutor empreendeu fuga, sendo acompanhado pelos patrulheiros e abordado. O condutor da S-10, C.V.S., de 38 anos, disse que viajava em comboio com o Logan e que o condutor do primeiro veículo fazia o trabalho de batedor, para escoltá-lo desde Presidente Prudente (SP), sendo que ambos se comunicavam através de rádio.

O homem que conduzia a caminhonete informou ainda de que receberia a quantia de R$ 2 mil para levar a S-10 até a cidade de Campo Grande. A caminhonete apresentava placas falsas e foi apurado que ela era produto de furto com ocorrência registrada em dezembro de 2016 na cidade de Goiânia (GO). Já o veículo Logan não apresentou restrições administrativas e nem criminais.

Devido aos fatos, ambos os condutores foram presos em flagrante e encaminhados, juntamente com os veículos, para a Delegacia de Polícia de Bataguassu. Com o autor C.V.S. foi apreendido um aparelho de telefone celular e com L.B.S.F. foi apreendido um aparelho de telefone celular, R$ 311,00 em dinheiro, uma lâmina de cheque no valor de R$ 1.120,00, um talão de cheque com quatro lâminas, $ 1,00 (um dólar) e ₲ 2.000,00 (dois mil guaranies – moeda paraguaia).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.