Buscar

Sitiante é flagrado pela PMA de Batayporã mantendo macaco-prego em cativeiro

Animal silvestre foi encontrado a 10 km da cidade de Deodápolis em um poleiro amarrado por uma corrente ligada a uma coleira

Cb image default
Macaco foi encontrado pelos policiais ambientais em um poleiro amarrado por uma corrente ligada a uma coleira - Foto: Divulgação/PMA
Cb image default
Animal será encaminhado a Centro de Reabilitação em Campo Grande - Foto: Divulgação/PMA

Um sitiante de Deodápolis foi alvo de uma autuação da PMA (Polícia Militar de Batayporã) após ser flagrado mantendo um macaco-prego em cativeiro. Na ação ocorrida na manhã desta segunda-feira (18), o produtor rural foi multado em R$ 500,00.

Segundo as informações a que o Nova News teve acesso, o flagrante aconteceu durante uma operação realizada em propriedades do município ao encontrar o animal silvestre mantido em cativeiro sem autorização ambiental.

Conforme a PMA, o animal estava em uma fazenda a 10 km da cidade de Deodápolis e foi encontrado em um poleiro amarrado por uma corrente ligada a uma coleira. Mesmo privado de liberdade, ele não apesentava sinais de ter sofrido maus-tratos.

O macaco foi apreendido e A PMA confeccionou o auto de infração. O sitiante foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Deodápolis e responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. O animal será encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.