Buscar

Tentei furtar porque não estava a fim de carpir para sustentar minha filha, diz jovem preso em Batayporã

Rapaz cumpria regime semiaberto em decorrência de crimes praticados anteriormente

Imagens: Divulgação / PM

Cb image default

Na madrugada desta terça-feira (29), um jovem de 18 anos, identificado como W.M.S., foi preso pela Polícia Militar de Batayporã acusado de tentativa de furto. Os policiais foram acionados por testemunhas, informando que o acusado teria entrado em um estabelecimento comercial localizado no canteiro central da Avenida Brasil, em frente à unidade da Iagro.

Quando a viatura se aproximou, o jovem tentou fugir, mas foi abordado. Os militares constataram que o acusado arrombou a parede do quiosque de zinco para entrar no local, que funciona como uma lanchonete, porém, não houve tempo de subtrair nenhum objeto ou produto.

Ao ser questionado sobre o crime, o rapaz disse que tentou furtar o comércio porque tem uma filha para sustentar e não estava a fim de carpir ou trabalhar para conseguir dinheiro de forma honesta. Diante dos fatos, o jovem foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde seriam tomadas as devidas providências.

O Nova News apurou que W.M.S. cumpria pena no regime semi-aberto em decorrência de outros crimes praticados anteriormente. Um destes delitos foi a tentativa de furto a um mercadinho localizado na Vila Cantidiano Duarte, também em Batayporã, no dia 27 de março deste ano. Na ocasião, ele e mais três jovens haviam sido detidos em flagrante pela Polícia Militar. 

Cb image default

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.