Buscar

Traficante que fugia da polícia e atropelou família, interrompe sonho de jovem se tornar médica

A jovem entraria para o terceiro semestre do curso de medicina, em Assunção no Paraguai

Cb image default
Foto: Redes Sociais

Helloá Glésia,  de 20 anos de idade, moradora no Distrito de Nova Casa Verde, teve o sonho de se tornar médica interrompido por um traficante em fuga no início da noite deste sábado (28), no município de Nova Andradina.

A jovem, que ia começar o terceiro semestre no curso de medicina, em Assunção, no Paraguai, foi atropelada e morta por uma carro conduzido por um traficante que tentava fugir da polícia com cerca de 160 quilos de maconha.

Helloá seguia acompanhada da mãe e do irmão, Igor Silva, de 10 anos de idade, que também morreu no local. A mãe foi a única que conseguiu escapar com vida, mesmo sofrendo diversas fraturas, sendo levada pelo Corpo de Bombeiros até um hospital em Nova Andradina.

Cb image default
Sobrevivente chegando ao HR - Foto: Márcio Rogério/Nova News

Mãe de três filhos, ela viu o futuro dos dois caçulas serem interrompidos de forma prematura.

Pelas redes sociais, é possível ver o amor da mãe pela jovem que planejava se tornar médica. Em uma postagem recente a mãe escreveu: “Não existe felicidade maior do que o encontro de duas grandes almas... #EueMinhaFilha. Amor, amizade e cumplicidade que vem de outras vidas” postou.

Após o acidente, amigos da jovem continuaram as homenagens. Em uma foto onde Helloá aparece ainda quando cursava enfermagem, a amiga Elisangela Benagio disse: “Deixo aqui uma pequena homenagem a você, que passou por nossas vidas e deixou sua marca. Marca essa que sempre será lembrada por todos nós do curso de enfermagem, onde você nos presenteou com sua força e garra por 1 semestre, pois você era única, inexplicável pela sua inteligência, serenidade, excelente acadêmica!

Tantos sonhos, tantos planos...

Você era inspiração!!!!

Saudades eterna minha pequena!”

Já Jefferson Zucão escreveu: “A sensação neste momento é terrivelmente indescritível... A ficha ainda não caiu completamente, e é surreal imaginar que algo tão triste e absurdo tenha acontecido.

Dói saber que não terei mais chance de conversar contigo, ou a possibilidade de ouvir tua gargalhada inconfundível. Guardarei pra sempre a lembrança da garota linda e brincalhona que conheci no IF, e que de muitas formas, mudou minha vida. Foi incrível acompanhar tua evolução, para uma mulher forte e determinada, que hoje realizava o sonho de fazer Medicina.

O mundo perde uma futura médica brilhante, e eu perco minha melhor amiga. Tu vai fazer muita falta, Hello!

Vai em paz, minha bruxinha linda.

Te amo muito”.

De acordo com Everton Gonçalves (41), tio de Helloá, a sobrinha era extremamente dedicada aos estudos. Segundo ele, a jovem cursava enfermagem quando foi aprovada para o curso de Medicina. “Era o grande sonho dela se tornar médica. Tinha isso em mente, mas infelizmente este sonho foi interrompido”, desabafa.

Gonçalves explica que a cunhada e os dois filhos seguiam até o restaurante Gabriela para comprar passagens, pois tinham como destino uma viagem até o município de Terenos, onde toda família pretendia se encontrar para passar a virada de ano.

O tio explica que a família chegou já no começo da manhã em Nova Casa Verde onde estão aguardando a liberação dos corpos para serem velados.

O velório deverá ocorrer no distrito.

O condutor do carro, acusado de ser o responsável pela morte dos irmãos, foi pego pela Policia Rodoviária Federal e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina, ainda na noite deste sábado (28). Ele não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Cb image default
Foto: Márcio Rogério / Nova News

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.