Buscar

CPI que Manobra tentava abrir contra Marião da Saúde é vetada

Pelo placar de 9 a 2, a maioria dos vereadores da Câmara Municipal de Nova Andradina votou, na sessão desta segunda-feira (24), contra a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigaria o suposto recebimento de 31 diárias irregulares por parte do vereador Marião da Saúde (PR), nos anos de 2009 a 2010, durante seu primeiro mandato.  O pedido de abertura de comissão processante foi proposta pelosuplente de vereador Reinaldo José dos Santos, conhecido como “Manobra” (PR).

Comissão que investigaria Marião da Saúde não foi aprovada pela Câmara (Foto: Câmara Municipal)

No documento protocolado pelo requerente, ele justificou que o vereador Mario Ferreira de Oliveira teria cometido atos de improbidade administrativa o que, na opinião de Manobra, justificaria a abertura de uma comissão que teria a missão de apurar os fatos, provar as supostas irregularidades e cassar o mandato de Marião, deixando, desta forma, o caminho livre para que o suplente, no caso o próprio Manobra, assumisse a vaga na Casa de Leis. 

Manobra tentava ocupar uma cadeira na Casa de Leis (Foto: Arquivo)

Antes da votação, o vereador Mario Ferreira pediu aos parlamentares que não votasse a favor da abertura da comissão. Como justificativa, ele disse que não teria cometido improbidade administrativa. 

 

Em suas palavras, teria sido condenado pela 2ª Vara Civil do Poder Judiciário de Nova Andradina a devolver os valores de diárias que o Ministério Público o acusa de ter recebido de forma irregular. 

 

“Quero dizer que recorri da decisão e o processo ainda não foi transitado em julgado. Por isso solicito aos colegas que votem contra abertura dessa comissão de inquérito”, finalizou.

Dos 11 vereadores com direito a voto, sendo que o presidente da casa, e o acusado, não votam, 9 foram contra a abertura de CPI. Apenas Robertinho Pereira (PMDB) e Edson Tolotti (PT), foram favoráveis abertura da comissão. 

 

De acordo com o regimento interno da Câmara Municipal, o processo deverá ser arquivado até a decisão final da Justiça. Na última eleição, Reinaldo José dos Santos recebeu 399 votos pelo PR e ficou na suplência a vereador. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.