Buscar

Em várias passagens pela região nos últimos meses, Azambuja deixa claro interesse de levar Dione de volta à Assembleia

Corrida eleitoral já começa a dar amostras claras de apoio a nomes que devem participam do pleito no próximo mês de outubro

Cb image default
Governador faz questão de aparecer ao lado de Dione em vários eventos políticos - Foto: Thiago Odeque

Termina neste sábado (7) o prazo para que candidatos aos cargos eletivos por meio de voto na próxima eleição de outubro possam participar de lançamentos, inaugurações de obras dentre outros atos políticos. Seguindo a todo vapor, a corrida eleitoral já começa a dar amostras claras de apoio a nomes que devem participam do pleito.

Um fato que passou a chamar a atenção em Nova Andradina é que nas oportunidades em que o staf do PSDB, partido do atual governador do Estado Reinaldo Azambuja, esteve pela região, ficou claro que além da reeleição, os tucanos têm como meta principal levar de volta a uma cadeira da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul, a ex-deputada e ex-primeira dama de Nova Andradina, Dione Hashioka, do mesmo partido.

O Nova News acompanhou, nos últimos meses, grande parte das agendas do atual governador do Estado por algumas cidades da região, uma vez lançando e em outras inaugurando obras. Nesses eventos, sempre com a presença do casal Hashioka, Dione e Roberto, sendo o último ex-prefeito de Nova Andradina e atual diretor do Detran (Departamento de Trânsito do Estado), o chefe do Executivo estadual faz questão de enfatizar o casal, tanto na esfera legislativa tal qual no executivo.

Para o governador, o trabalho realizado pela ex-deputada Dione foi de total importância para o Mato Grosso do Sul, com destaque para os munícipios da região de Nova Andradina. Quando se refere a Roberto Hashioka, Azambuja sempre destaca os mandatos do ex-prefeito frente à Prefeitura de Nova Andradina. Agora comandando o Detran, Roberto é tido como homem de confiança do atual governador, além de reorganizar o órgão de trânsito do Estado, ele é também, segundo Reinaldo, responsável pela queda no índice de acidentes de trânsito, fato este comemorado pelo chefe do executivo estadual.

Todos esses adjetivos sempre pontuados por Reinaldo Azambuja quando passa pela região tem como foco principal, segundo apurou a reportagem, a campanha à disputa da pré- candidata a deputada estadual Dione Hashioka. A articulação ficou em evidência na última terça-feira (3), durante passagem do governador por Nova Andradina.

No ato político, ao lado do atual prefeito de Nova Andradina Gilberto Garcia (PR), ex-aliado de Hashioka e hoje adversários políticos declarados, além do governador tecer comentários ao casal Hashioka, outro escalado para impulsionar ainda mais o nome de da ex-deputada Dione, foi o também tucano e atual deputado estadual Paulo Correia.

Cb image default
Casal Hashioka volta a aparecer dividindo espaço com autoridades de peso no Estado - Foto: Thiago Odeque

Em sua fala durante a saudação aos colegas deputados e as demais autoridades presente, Correia disparou: “Quero cumprimentar aqui a nossa colega ex-deputada Dione Hashioka que a partir de primeiro de janeiro do próximo ano, estará de volta conosco a Assembleia Legislativa se Deus quiser”.

Além dos discursos favoráveis a pré-candidata tucana, outro grupo da legenda já trabalha nos bastidores buscando aliados pela região no sentido de dar ainda mais corpo à campanha da ex-deputada, que se inicia a partir do dia 16 de agosto próximo.

Dione Hashioka foi deputada estadual por dois mandatos. Eleita em 2006 e reeleita para segundo mandato em 2010, a deputada optou por não disputar seu terceiro mandato em 2014, isso devido acordo político firmado na época pelo seu esposo Roberto. Na ocasião, o então prefeito de Nova Andradina decidiu optar pela candidatura do ex-senador Delcídio do Amaral (PT), derrotado nas urnas pelo atual governador Reinaldo Azambuja.

Todo esse imbróglio, no qual resultou em ter que sacrificar seu projeto de reeleição, Dione Hashioka não perdeu sua credibilidade perante aos lideres tucano, dentre eles, o atual governador Reinaldo Azambuja.

Na época, contrariando a cúpula petista, responsável pela campanha de Delcídio, a deputada tucana, mesmo impedida de subir no palanque do candidato de seu partido, hoje atual governo do Estado, Dione corria a região pedindo voto para Azambuja.

A medida adotada pela deputada deu, na época, ainda mais credibilidade a ela junto ao ninho tucano. Fato esse que ao assumir o governo do Estado, Reinaldo escolheu Dione Hashioka foi para assumir um dos principais cargos no governo.

Passado quatro anos depois, é a vez dos tucanos reconhecer o ato de bravura da ex-deputada e como gratidão fazem esforço no sentido de reconduzi-la ao legislativo estadual novamente.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.