Buscar

Pré-candidato ao Governo do Estado pelo PDT, Juiz Odilon chega hoje à região pra visitar municípios

Magistrado aposentado deve permanecer no Vale do Ivinhema até sábado (28)

O juiz aposentado Odilon de Oliveira (PDT), deve chegar nesta quinta-feira (26) à região de Nova Andradina pra visitar municípios e buscar possíveis apoios para sua corrida rumo à cadeira hoje ocupado pelo atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

O líder pedetista deve começar sua caminhada pela cidade de Ivinhema, onde tem agenda marcada, ainda na parte da manhã, com lideranças locais. O encontro deverá ocorrer na Câmara Municipal.

Já na sexta-feira (27), o magistrado aposentado segue para o município de Anaurilândia, onde, na parte da tarde, se reúne com lideranças. Na agenda, consta ainda, uma visita a Prefeitura Municipal, onde ele deverá ser recepcionado pelo atual prefeito Edinho Takazono (MBD).

Cb image default
Odilon de Oliveira deve se reunir com lideranças de Nova Andradina, Ivinhema, Anaurilândia, Batayporã e Nova Casa Verde - Imagem: Arquivo / André Bitar / Campo Grande News

Já no período da noite, às 19h, Odilon se encontrará com lideranças de Nova Andradina. O evento ocorrerá na sede do Sindicato Rura, localizada no Parque de Exposições Henrique Martins. No sábado (28) pela manhã, o pré-candidato ao Governo do Estado visita Batayporã, onde, segundo lideranças locais, deve fazer uma visita à feira do produtor, local com grande fluxo de pessoas. Depois de Batayporã, Odilon segue para o Distrito de Nova Casa Verde, onde deverá encerar sua agenda pela região.

Articulação

A visita de uma das maiores estrelas do PDT na atualidade no estado vem causando frisson no meio político de Nova Andradina. Algumas lideranças locais se anteciparam, e, através das redes sociais, já declaram apoio ao pré-candidato pedetista, como é o caso dos ex-vereadores Claudinei Magrelo e Adriano Palópoli.

Hoje, em Nova Andradina, a maior figura do PDT trata-se do ex-vereador e ex-vice-prefeito Milton Sena. O partido conta ainda com os atuais vereadores, Ayrton Castro e Quemuel Alencar, sendo que este último, não deverá seguir os demais e apoiar o juiz Odilon. Alencar deverá deixar a legenda antes mesmo da abertura de janela, que permite mudança de partido, para migrar para o PSDB e apoiar a reeleição do atual governador Reinaldo Azambuja.

Ficha Limpa

Em seu primeiro discurso, já como pré-candidato ao Governo do Estado, em novembro passado, Odilon disse que estava entrando para o PDT por se tratar de um partido sem envolvimento com escândalos de corrupção como Lama Asfáltica, Lava Jato e JBS. A fala do novo pedetista deixou a entender que seu partido deverá ficar longe de figuras conhecidas no meio político do estado, que aparecem com nomes envolvidos, recentemente, em supostos esquema de desvio de verba pública, alguns sendo até presos temporariamente pela Polícia Federal.

Histórico

Considerado linha dura e com um currículo de renome nacional, o juiz aposentado, de 69 anos, ficou conhecido nacionalmente por combater o crime organizado, principalmente na fronteira do Brasil com Paraguai, onde mandou prender traficantes, confiscar bens e até mesmo extradita-los para foram do país.

Filme

Para homenagear a trajetória de Odilon, foi gravado em 2015 o filme “Em Nome da Lei”, que é baseado na história do juiz federal. O longa foi todo rodado em Dourados e contou em seu elenco principal com atores conhecidos do público como Chico Diaz, Paolla Oliveira e Mateus Solano.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.