Buscar

Projeto garante dispensa às mulheres para exames preventivos

Autor da proposta, Deputado Picarelli, diz que diagnóstico precoce é prioridade

Mulheres que trabalham em órgãos públicos de Mato Grosso do Sul poderão ter um dia de folga ou dispensa para realizar os exames preventivos de câncer de mama e do colo do útero. É o que prevê o Projeto de Lei apresentado pelo deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB), durante a sessão plenária desta terça-feira (20/03).

O comprovante do exame realizado deverá ser apresentado no prazo máximo de 15 dias e recolhido pelo órgão público, sendo devidamente arquivado na ficha funcional do servidor. “Um dos fatores que dificultam o tratamento é o estágio avançado em que a doença é descoberta. Assim, o câncer de mama, se diagnosticado o mais cedo possível, possui grandes chances de cura”, explica o parlamentar na justificativa do projeto.

Picarelli lembra que, no Brasil, o câncer de mama é a maior causa de óbitos por câncer na população feminina, principalmente na faixa etária entre 40 e 69 anos. “Após os 40 anos, a mamografia começa a ser um exame importante para a detecção da doença e recomenda-se que seja feito pelo menos uma vez por ano a partir daí. Todas as mulheres devem procurar um mastologista para acompanhamento e exame anual durante sua vida, mas principalmente a partir dos 40 anos”, ressalta o deputado.

Confira os dados alarmantes do aumento de casos de cânceres no Brasil no site do Instituto Nacional do Câncer clicando aqui. A proposta agora segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), antes de ser apreciado em plenário. Se aprovada, a determinação valerá tanto para as servidoras públicas, quanto para as contratadas que prestarem serviços em órgãos públicos do Estado. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.