Buscar

STJ nega 4º recurso e mantém Puccinelli Júnior preso

Recurso do ex-governador ainda será julgado

Imagem: Reprodução

Cb image default

Segundo o Midiamax, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) manteve preso em decisão liminar desta quarta-feira (24) o advogado André Puccinelli Júnior (foto). A Corte deve julgar também até sábado (27) o pedido de liberdade do ex-governador André Puccinelli (MDB). Ambos estão presos há três meses.

A reportagem informa que a medida não foi concedida e a publicação da decisão está prevista para ser disponibilizada nesta quinta-feira (25). Mais cedo, o advogado de defesa do ex-governador André Puccinelli (MDB), Renê Siufi disse que aguardaria a decisão do 4º recurso para que o emedebista e o filho advogado fossem colocados em liberdade.

Siufi esclareceu que não deveria impetrar novo recurso, apesar da liminar que colocou em liberdade o advogado João Paulo Calves, preso no mesmo dia em decorrência das mesmas acusações, antes da decisão. 

“Como já estamos com este recurso em Brasília, o advogado de lá acompanha e até sábado aguardamos uma decisão”, informou o advogado.

O novo pedido de habeas corpus foi ajuizado pela defesa de Puccinelli no dia 28 de setembro. A relatora do pedido, a ministra Laurita Vaz negou liberdade no início de outubro. Apesar da decisão da relatora, o julgamento do mérito do habeas corpus ainda deve ser julgado pela 6ª Turma, em data ainda a ser definida. (*As informações são do Midiamax). 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.