Buscar

Valter Yasunaka é o campeão em matérias apresentadas em 2015

4 Projetos de Lei, 124 indicações, 48 requerimentos e 25 moções. Estes são os números apontados pelo Relatório do Ano Legislativo de 2015 da Câmara Municipal de Nova Andradina do vereador Valter Yasunaka, que pela segunda vez ganha o título de “campeão” de encaminhamento de matérias deliberativas.

Dentre as proposituras do vereador tucano, destacam-se projetos de lei que reconhecem o trabalho do Corpo de Bombeiros e do Hospital do Câncer de Barretos ao instituir no calendário municipal de datas e eventos, o dia dedicado a essas instituições que desenvolvem ações em benefício da sociedade nova andradinense.

Mantendo sempre uma postura atuante e fiscalizadora, Valter apresentou proposições entre indicações, requerimentos e moções, sejam individuais ou em conjunto com outros vereadores.

Imagem: Divulgação/CMNA

Dentro da sua linha parlamentar, Valter do Anzai, como também é conhecido, apresentou indicações solicitando melhorias em todas as áreas do município, da educação à saúde, da agricultura à infraestrutura. Com isso, o parlamentar fechou o ano, com grande destaque na defesa dos interesses da população.

 “Conheço de perto os problemas de nossa cidade. Tudo o que apresento na Câmara de vereadores são reivindicações dos inúmeros cidadãos, a quem represento. Me proponho a fazer a interlocução com a sociedade e fiscalizar”, relata.

O parlamentar afirmou que não busca ser o campeão em propostas, mas considera a quantidade de matérias resultado do trabalho junto às comunidades.

“Ocupar uma cadeira na Câmara Municipal é algo de muita responsabilidade. Tenho que trabalhar e mostrar para a população que a minha chegada a esta Casa não foi em vão”, explica o vereador que está em seu primeiro mandato.

Ciente de que este é o último ano desta legislatura, o vereador garantiu que vai continuar produzindo e trabalhando. Para Valter, produzir, no caso do Legislativo municipal, significa atuar na fiscalização do Executivo. Significa discutir com a população suas dificuldades e soluções, propor projetos e iniciativas que beneficiem à coletividade. “Fazer política é servir, por isso, vou continuar pautando meu trabalho na seriedade e atender as expectativas e os anseios daqueles que depositaram a sua confiança em mim, como seu representante”, encerrou. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.