Buscar

"Até mais" por Elizeu Gonçalves Muchon

Cb image default
Elizeu Gonçalves Muchon - Foto: Divulgação

Eta ano difícil esse 2.018. Difícil não quer dizer necessariamente ruim. Lembrando Santo Inácio de Loyola: “A vitória mais bela que se pode alcançar é vencer a si mesmo.” E certamente vencemos. Eu venci. Você meu querido leitor também venceu. Digo mais: vencemos com espasmos convulsivos de satisfação. É para isso que somos feitos, para tirar as pedras do caminho. Para corcovear entre os arbustos espinhosos e sair ileso contra o puro mal.

Cada um com sua crença, com sua fé. Respeito todas, evidentemente. Eu por exemplo sou Cristão convicto. É nele (Cristo), que alicerço meus planejamentos. É muito bom!.

Com esse sentimento de gratidão, digo: ATÉ MAIS... Vou tirar uns dias. Um breve recesso. Espero em 2.019 voltar a escrever essa coluna de opinião aqui no Nova News. Depois de meados de janeiro.

Todavia, não poderia deixar de abraçar meus leitores. Algumas centenas, quiçá milhares que me dão o raro privilégio de apreciar meus humildes escritos.

Fim de ano é assim. Tem sempre uma coisa ruim a esquecer, (outras, as boas pra lembrar). Tem uma estrela que se apagou nas trevas, (outras não, estão aí a brilhar). Tem o novo ano pela frente e nesse novo ano não podemos ser o “etc” da história, pois, quando uma estrela se apaga, muitas vão brilhar em seu lugar.

Fim de ano é assim, hora certa de agradecer. Portanto: obrigado a direção do Nova News e a todos os jornalistas e funcionários desta incrível empresa.

Aos meus leitores, vou lembrar Luiz Gonzaga, que dizia a seu filho Gonzaguinha. “Olha o povão meu filho. Não esqueça o povão.” - Povão – é uma forma carinhosa de se dirigir a seu público. (Meu respeito a todos vocês).

Então fica assim... ATÉ MAIS. Feliz natal e Próspero Ano Novo!....

Elizeu Gonçalves Muchon – Professor e Jornalista

[email protected]

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.