Buscar

Conheça a história de “Neguinho”, um cãozinho que sobreviveu graças ao amor de voluntária de Nova Andradina

Animal sofria com a negligência de antigo tutor

Cb image default
Antes e depois de animal resgatado - Foto: Arquivo pessoal

O cachorro “Neguinho”, como é chamado pelos protetores, é a prova viva de que o amor transforma.

Em novembro de 2018, a protetora Daiana Bittencourt, do grupo de voluntários “Mundo Pet” recebeu um  chamado onde foi informada que, um cachorro havia sido vítima de atropelamento e logo foi resgatar o animal. Imediatamente, o grupo começou a levantar recursos para a realização do atendimento necessário.

A surpresa maior veio logo depois, em contato com o tutor do animal. “Entramos em contato com o tutor e ele disse que não queria mais o "Neguinho". Ele também disse que poderíamos realizar a eutanásia,” afirmou a voluntária.

Daiana só pensava em salvar  “Neguinho”, então, assumiu a tutoria do animal para que ele pudesse continuar vivendo.

Depois de vários exames, foi constatado que ele mal podia andar por conta da negligência do antigo cuidador, não havendo qualquer indício que comprovasse que o animal tenha sofrido atropelamento.Neguinho estava com cinomose, erlichiose (doença do carrapato) e infecções.

Mobilizações foram feitas para arcar com as despesas de veterinários, remédios, sondas, seringas, tapetes higiênicos, alimentação especial e tudo que pudesse melhorar a vida do cachorrinho.

“Contamos com a ajuda do médico veterinário Diego, que começou a atender o Neguinho gratuitamente. Ele tem sido um grande parceiro em nossos resgates, juntamente com as pessoas tem nos ajudado com doações. Isso é o que nos motiva a continuar realizando esse trabalho,” disse Claudia Nabarro, umas das protetoras, que também acompanhou o caso desde o início.

Hoje “Neguinho” é o mascote do grupo, sob a tutoria de Daiana, ele que mal erguia a cabeça, agora se movimenta com o auxílio de uma cadeira de rodas construída pelos voluntários.

Neguinho ainda precisa de doações e cuidados especiais. Os interessados em ajudar esse animal e muitos outros que estão sob os cuidados do “Mundo Pet” podem entrar em contato através dos números (67) 99988-8472, (67) 99842-2287, (67) 99944-1393 ou pela Fanpage do grupo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.