Buscar

Conheça o primeiro treinador robô do mundo

Imagem: Ilustrativa

Cb image default

O Parma Basket, time de basquete profissional da Rússia, decidiu utilizar as novas tecnologias em inteligência artificial a seu favor – ao menos aquelas que não são consideradas perigosas por cientistas. Ao lado da empresa Promobot, criou um treinador robô, que funcionará como um treinar analítico do time. É o que aponta o contrato assinado pelos representantes de ambos os lados no dia 10 de outubro deste ano.

As inteligências artificiais, é claro, não são estranhas ao esporte, estando presentes até mesmo no universo dos jogos de cassino.O jogo da roleta online costuma ser um dos mais populares desse nicho e se utiliza de um gerador aleatório de números para o sorteio, que é uma forma de inteligência artificial. É a melhor maneira de garantir que os resultados não sejam manipulados e promover um jogo honesto.

Já no basquete, a inteligência artificial será utilizada como consultor, guia, administrador e concierge, substituindo ou auxiliando a atividade de funcionários humanos. Os robôs serão capazes de reconhecer rostos e vozes, além de responder perguntas, trabalhar com documentos e se conectar a serviços de terceiros.

A coleta e análise de dados durante os jogos será uma das principais funções do robô treinador. Espera-se, com isso, obter indicadores estatísticos sobre os jogadores, de modo que seja possível calcular as melhores combinações de jogadores de basquete na quadra. Todos esses dados serão repassados ao treinador, que ainda estará presente em todos os jogos do time.

Para o presidente da Parma Basket, Sergey Boguslaysky, a novidade é sem precedentes. “Nada como isso aconteceu antes. Assinamos um contrato com o primeiro técnico de robôs do mundo. Estou certo de que nosso novo assistente tornará os jogos do Parma ainda mais inteligentes e mais bem-sucedidos”.

Marco Histórico

Nunca antes na história dos esportes um robô participou de maneira tão ativa de uma partida, junto aos treinadores, juízes e jogadores. Já existem robôs capazes de jogar tênis de mesa, por exemplo. Contudo, é a primeira vez que a posição de analista é ocupada por uma máquina em jogos oficiais.

“Os robôs de serviço removem parte das tarefas rotineiras do humano, liberando tempo para coisas mais importantes. Portanto, nossos robôs já estão trabalhando como consultores, guias, concierges - em todas essas profissões, as pessoas gastam desnecessariamente sua energia fazendo as mesmas tarefas”, comentou o diretor de desenvolvimento da Promobot, Oleg Kivokurtsev.

Ainda de acordo com o diretor de desenvolvimento da Promobot, o robô será capaz de auxiliar o técnico durante toda a partida, analisando e repassando informações precisas que poderão auxiliá-lo em suas decisões.

“O treinador do time também gasta seus recursos e atenção na análise geral de estatísticas, lembrando de combinações de jogadores e outras tarefas ‘rotineiras’ durante o jogo. O Promobot vai executar essa função rapidamente e de forma precisa, dando ao treinador uma análise já pronta”, completou.

Treinadores robôs também no Brasil?

E essa realidade em que robôs participam ativamente de partidas oficias pode não estar tão distante de acontecer no Brasil. Acontece que o mesmo modelo de robô já está disponível aqui por meio de uma parceria entre a Promobot e a Umbô.

A Promobot foi fundada em 2015 e é a maior fabricante de robôs de serviços autônomo no norte e leste da Europa. As criações da empresa estão presente em cerca de 25 países, atuando como administradores, promotores, consultores, guias e concierges – substituindo ou dando apoio a funcionários humanos. Esse processo, de acordo com especialistas, pode auxiliar no aumento da desigualdade social.

Atualmente, os robôs da Promobot podem ser encontrados no metrô de Moscou, no aeroporto de Baltimore, nos Estados Unidos, no Dubai Mall, nas lojas IKEA, nos escritórios da Vodafone, dentre outras localidades ao redor do mundo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.