Buscar

Mito e heróis em quadrinhos: Miss Marvel

Ela é a representação do jovem leitor inserido nas histórias que tanto lhe encantam

Cb image default

Kamala é uma nova heroína da Marvel, foi criada em 2014. Ela faz parte da nova leva de heróis da editora, onde suas relações são baseadas na realidade dos jovens leitores da editora. Um breve resumo da origem da heroína é, Kamala uma adolescente norte-americana de família paquistanesa, mas mesmo nascendo em solo americano, a cultura e a religião de sua família era o islamismo. A questão de sua religião é um dos pontos vistos na obra, pois Kamala sentia a necessidade de se sentir aceita pelas pessoas a sua volta, porém sempre convivendo com diferenças culturais, a exemplo disso é o fato da protagonista querer comer bacon e não poder por que sua religião não permite.

Kamala idolatrava os super-heróis de seu mundo, Homem de Ferro, Capitão América e sua favorita à Capitã Marvel. E após um acidente em uma festa, ela descobre que tem poderes de modificar seu corpo e assim ela busca ter uma aparência mais aceita pelas pessoas, buscando um padrão de beleza. Observando que sua busca era vazia e sem sentido, desiste dessa busca. E ainda se escondendo por não controlar os seus poderes percebe que uma colega de escola começa a se afogar e lembra-se de um trecho do alcorão, o verso diz que qualquer um que mate uma pessoa, é como se tivesse matado toda a humanidade, e qualquer um que salve uma pessoa, é como se tivesse salvado a humanidade. Essas palavras, bem como os super-heróis são sua inspiração para Kamala se tornar uma super-heroína.

O mito tem sua origem nas sociedades primitivas que buscavam formas de explicar fenômenos da natureza, como tempestades, enchentes e o fogo, por exemplo. O mito é dotado de explicação fantasiosa, sem embasamento científico. Os povos criavam deuses, semideuses e grandes heróis, formando mitologias, como a grega e seu panteão com Zeus sendo o chefe de os demais deuses.

Hoje em dia o mito perdeu espaço com a ciência, onde nossas dúvidas são explicados com métodos científicos. Porém, a ideia do mito mantêm-se vivo de outra forma, uma mescla. E essa mescla se deu na arte em uma manifestação artística, as histórias em quadrinhos.

Esse é o ponto chave em nossa pesquisa, super-heróis como os seres que permeiam o entendimento do mito, do fantástico nas sociedades contemporâneas, uma mistura entre mito e ciência, não para temos respostas da realidade, mas como forma de produção artística. Mrs. Marvel (Kamala) é a representação do jovem leitor inserido nas histórias que tanto lhe encantam.

Referências

WILSON, Gwendolyn Willow. Ms Marvel: Nada Normal. Panini, São Paulo, 2016.

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Temas de Filosofia. Moderna, São Paulo, 1998.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.