Buscar

Professores de mais 11 municípios são capacitados pelo Sebrae em empreendedorismo

Cb image default
Em Ponta Porã, professores da Rede Municipal também serão capacitados para aplicar a metodologia - Imagem: Divulgação

Ter bom relacionamento com as pessoas e ser capaz de transformar novas ideias em algo de valor para a sociedade são habilidades que o empreendedorismo proporciona para quem tem contato com a temática. Para possibilitar o desenvolvimento de características como essas desde cedo, o Sebrae/MS capacita professores para abordarem o assunto em sala de aula. Pela primeira vez, 11 municípios de Mato Grosso do Sul vão receber a iniciativa por meio do eixo Educação do programa Cidade Empreendedora, que é executado pelo Sebrae em parceria com as prefeituras municipais.

Em Água Clara, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Caarapó, Coxim, Naviraí, Nioaque, Pedro Gomes, Ponta Porã e Santa Rita do Pardo, municípios que aderiram ao Cidade Empreendedora em 2022, os docentes irão receber formação em empreendedorismo, para que possam aplicar a metodologia Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), voltada para alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental que estudam na Rede Municipal de Ensino de cada município. Segundo a gestora estadual do programa de Educação Empreendedora do Sebrae/MS, Priscila Veloso, o primeiro passo da formação é a palestra de sensibilização, já realizada na maioria das cidades.

"Esse primeiro encontro vem para explicar como funciona a metodologia e de que maneira ela é aplicada, já que varia de acordo com a faixa etária e o grau de escolaridade dos estudantes. A partir disso, os professores participam de um curso para que possam trabalhar o tema com as crianças. Durante quatro meses, os alunos irão participar de aulas sobre empreendedorismo e, ao final, o trabalho é encerrado com uma feira, onde os estudantes poderão apresentar os produtos que desenvolveram para a comunidade", explicou Priscila.

Cidade Empreendedora

Com as 11 novas cidades que estão implementando o JEPP na Rede Municipal de Ensino, já somam, no total, 31 municípios atendidos pelo Sebrae/MS por meio da metodologia oferecida pelo programa Cidade Empreendedora. Nos outros 20 municípios que são acompanhados desde o ano passado, 19 mil estudantes foram contemplados com a metodologia em 2021 e o trabalho também continua neste ano com a formação de novos docentes e mais estudantes atendidos.

No primeiro semestre de 2022, no total, mais de 1.300 professores foram capacitados em Amambai, Bandeirantes, Camapuã, Chapadão do Sul, Corumbá, Inocência, Jaraguari, Jardim, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paraíso das Águas, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Sonora e Terenos. Já em Selvíria, a formação tem início neste segundo semestre.

De acordo com Priscila, nos municípios em que os docentes já foram capacitados, a aplicação do JEPP em sala de aula será feita de agosto a novembro deste ano. A gestora ressalta que esse trabalho é importante, não só para fazer com que as crianças desenvolvam novas habilidades, mas também por envolver a comunidade como um todo e promover o empreendedorismo no território.

"O material didático que oferecemos proporciona o aprendizado de forma lúdica levando em consideração o contexto em que o estudante vive. Queremos incentivá-lo e mostrar que o empreendedorismo é uma educação para a vida. Ao trabalhar na base, a gente consegue mobilizar a sociedade como um todo e fazer com que o município desenvolva uma cultura empreendedora, o que vai ajudar no fortalecimento dos pequenos negócios e no crescimento da cidade", enfatizou Priscila.

19 mil - Estudantes atendidos pelo JEPP nos municípios Cidade Empreendedora em 2021

1.300 - Professores capacitados em 2022 para a aplicação do novo ciclo da metodologia

Capacitações

Mais do que a implementação da metodologia JEPP, o eixo Educação do programa Cidade Empreendedora também viabiliza outras ferramentas de formação docente com a proposta de auxiliar na integração do corpo técnico e na melhoria do desempenho dos profissionais em âmbito escolar.

Em Nova Alvorada do Sul, Costa Rica, Maracaju, Rio Verde de Mato Grosso, Bandeirantes, Paraíso das Águas, Dourados foram realizadas as palestras "Comunicação como estratégia" e "Liderança com Propósito". Já os municípios de Terenos, Costa Rica, Camapuã, Jaraguari e Chapadão do Sul receberam a palestra "Motivação e trabalho em equipe". "Economia criativa e empreendedorismo nas escolas" foi o tema trabalhado com os docentes de Porto Murtinho e, em Inocência, foi promovida a oficina "Metodologias ativas nos processos de aprendizagem".

O eixo Educação Empreendedora também traz soluções voltadas para abordagem da temática empreendedorismo com jovens. Em Costa Rica, por exemplo, o programa levou para os alunos do Ensino Médio, neste ano, a oficina "Empreendedorismo digital e profissões do futuro".

Além do atendimento realizado nos municípios que integram o programa Cidade Empreendedora, as metodologias oferecidas pelo Sebrae voltadas para o âmbito da Educação podem ser aderidas por outras instituições de ensino interessadas, tanto públicas, quanto particulares. Mais informações podem ser obtidas por meio do número 0800 570 0800 ou pelo e-mail [email protected]

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.